‘PADRÃO FELIPÃO’ É DO TEMPO DO ONÇA

Acertei na mosca quando, mal terminado o jogo, antecipei que a conquista da Copa das Confederações levaria os ciclotímicos brasileiros aos píncaros do irrealismo. 
Já dão nossa seleção como franca favorita para o Mundial e descobrem insuspeitadas virtudes no técnico que até ontem todos reconheciam estar ultrapassado
Estavam certos antes e erram agora: O FELIPÃO ESTÁ MESMO ULTRAPASSADO! 
Ter colhido os frutos do trabalho de renovação feito pelo Mano Menezes para ganhar um torneio ao qual os europeus não deram verdadeira importância não muda isto (os espanhóis, p. ex., vieram aqui para curtir praias e prostitutas).
Desta vez o Felipão copiou a marcação que o Bayern adotara contra o Barcelona e a Itália repetira dias antes no Castelão. Deu certo porque o técnico Vicente del Bosque também não é nenhum gênio da estratégia, caso contrário teria buscado uma linha de ação para responder ao desafio com o qual, era facílimo prever, se defrontaria novamente.  
Mas, e quando não houver ninguém indicar o caminho das pedras? O Tite descobriu, por si só, como anular o Chelsea. Enquanto isto, o Felipão, no Palmeiras, passava vexame após vexame quando enfrentava times treinados por técnicos mais atualizados, como o próprio Tite e o Abel Braga. Chegou a perder até do Corinthians “B”. 
Na Copa do Mundo, a falta de um estrategista no banco tende a ser fatal. Numa competição que todos querem ganhar, não bastará ficar parando o adversário com uma falta atrás da outra, como ele fez contra a Espanha. 
Essas deslealdades do tempo do Onça são, aliás, típicas dos técnicos ultrapassados. Aquele que afirmam, p. ex., que no futuro só se lembrará o resultado, não o futebol bonito.
No entanto, até hoje o maravilhoso futebol exibido pelo Brasil em 1982 é lembrado com muito mais carinho do que a Copa conquistada na loteria dos pênaltis pelo Parreira em 1994, depois de 120 chatíssimos minutos de 0x0…
Anúncios

2 comentários

  1. Celso,

    A espanha joga do mesmo jeito há 5 anos, parecem que não tem um plano B. Você não acha que as outras seleçõesque temu um bom técnico já não perceberam isso? era questão de tempo para este esquema espanhol fazer água.

    ou eles mudam a estratégia ou nem chegam a uma final.

    O time como felipão marca melhhor do que o de Mano. ùnico grande avanço que notei.

    Curtir

  2. ISMAR disse…

    Caro Celso,

    Deselegente, muito deselegante e maldosa foi a entrada do nefasto Gerad Piquet(um tipico nazistinha espanhol) no Neymar. E olha que detesto o Neymar.

    Ou seja, os dois times foram violentos, em momentos diferentes.

    ****************************

    O MEU VELHO AMIGO, DISTRAÍDO, POSTOU O COMENTÁRIO ACIMA NUM ARTIGO ARTIGO SOBRE O ACM, MAS DEU PARA PERCEBER QUE ELE O QUERIA AQUI.

    DE RESTO, EU NÃO ACUSEI O BRASIL DE VIOLENTO, MAS SIM DE COMETER FALTINHA APÓS FALTINHA PARA NÃO DEIXAR O JOGO DA ESPANHA FLUIR.

    O DEL BOSQUE RECLAMOU DISTO COM RAZÃO. EU HAVIA NOTADO DURANTE A PARTIDA, MESMO PORQUE JÁ ESTOU ACOSTUMADO A VER OS TIMES TREINADOS PELO FELIPÃO RECORREREM A ESSES EXPEDIENTES (QUE CONSIDERO BEM ANTI-ESPORTIVOS).

    UM ABRAÇÃO!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s