MALUF DIZ QUE ALIANÇA ENTRE O PT E O PP TEM A BENÇÃO DIVINA

O desprezo pelas convicções e ações dos reacionários não me impede de admirar a verve de uns poucos deles, principalmente quando me fazem dar boas risadas.
Caso do finado corvo Carlos Lacerda, o rei das respostas demolidoras. Quando ele foi propagandear o golpe de 1964 (que os milicos intitularam mentirosamente de revolução) na França, um jornalista de lá, zombeteiro, perguntou: “Por que as revoluções sul-americanas são sempre sem sangue?”.
De bate-pronto, Lacerda disse que isto se devia a elas serem idênticas às luas-de-mel francesas. A piada lhe valeu um convite para se escafeder de lá o quanto antes.
Na mesma linha foi a resposta que ele deu a uma deputada populista, em plena Assembléia Legislativa. Ela o atacou: “V. Ex.ª é um purgante!”. E ele devolveu: “E V. Ex.ª é o resultado!”.
Já o ex-governador Paulo Maluf tem um prazer todo especial em constranger os petistas que, depois de tanto criticarem-no nas últimas décadas, agora vão beijar-lhe a mão em troca de apoio eleitoral e consequente minutinho a mais no horário gratuito. 
Na eleição de 2012, o então candidato Fernando Haddad parecia estar, durante todo o tempo, procurando um buraco no chão para se enfiar.
Já o ex-ministro Alexandre Padilha, aspirante a governador, mostrou-se agora muito mais à vontade. No quesito cara de pau, ele foi aprovado com louvor. 
Talvez por isto Maluf tenha exagera, ao afirmar que a aliança entre o seu PP e o PT “será do tamanho do Corcovado” e “abençoada por Deus”.
Cuidado com o castigo divino!
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s