VEJA O DEPOIMENTO DE UMA PERSEGUIDA POLÍTICA BRASILEIRA

A advogada Eloísa Samy, uma das vítimas da atual escalada repressiva contra o direito de manifestação, tentou obter asilo no consulado uruguaio, que lhe foi negado sob a alegação o Brasil seria um estado democrático de direito. Deveria mesmo ser… mas não está sendo! 

É aberrante que, quase três décadas após a ditadura militar ter sido atirada na lixeira da História, otoridades dela saudosas estejam reincidindo em algumas de suas práticas.

É desalentador que muitos dos perseguidos de outrora estejam alinhados com os perseguidores de hoje, no fiel cumprimento de seu mandato para gerenciarem o capitalismo em consonância com os objetivos capitalistas. Como disse o grande Plínio de Arruda Sampaio, se era para ISTO, teria sido melhor deixar o governo nas mãos deles.
Este blogue está inteiramente solidário à Eloísa Samy e a todos os perseguidos políticos deste país que há muito deveria deixado de os ter.  

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s