SE O LULA SAIR DO BANCO DE RESERVAS, A DISPUTA EMBOLARÁ DE VEZ.

1962: a divisão entre Jânio e Carvalho Pinto…
Meus dois artigos sobre as perspectivas da corrida sucessória após a morte de Eduardo Campos estão dando pano pra manga. Na página do Congresso em Foco no Facebook, p. ex., 700 internautas curtiram o primeiro deles (este aqui), mais de 370 o compartilharam e os comentários postados já ultrapassam 250.
Fico assustado com a mania virtual de acusar-se levianamente quem emite opinião da qual se discorda. Alguém se referiu a mim, p. ex., como “aquele rapaz que acusou o Lula de ser estuprador”. Ora, uma busca virtual de minutos seria suficiente para tal pessoa ficar sabendo que não sou nenhum rapaz, que o verdadeiro acusador do Lula foi o César Benjamin e que ele também não é nenhum jovem,  já completou 60 anos.
Com artigos como o que escrevi sobre as campanhas de desqualificação (este aqui), dou minha humilde contribuição para mudar esta cultura repulsiva de acusar-se outrem de orelhada e de se dar crédito instantâneo a qualquer acusação que se faça contra qualquer pessoa da qual não se gosta. 
…elegeu Adhemar, golpista de 1964.
De resto, muitos compararam a palpite lotérico a minha previsão de que o 2º turno será entre (centro) esquerda e direita, algo perfeitamente possível se o Aécio for apoiado em massa pelo eleitorado conservador e reacionário, enquanto os votos da esquerda se dividirem entre a Marina e a Dilma.
O exemplo clássico foi a eleição para governador de São Paulo em 1962. O janismo unido bateria facilmente o direitista Adhemar de Barros, mas Jânio Quadros e seu braço-direito Carvalho Pinto se desentenderam. 
Para recompor suas forças, Jânio resolveu sair candidato. Carvalho Pinto bateu pé, exigindo o cumprimento do acordo anterior à renúncia do homem da vassoura, segundo o qual José Bonifácio Coutinho Nogueira representaria o janismo na eleição, com as bençãos de ambos. Jânio e José Bonifácio acabaram tirando votos um do outro e, como bastava maioria simples, o Adhemar levou. Um desfecho funesto, pois o apoio de São Paulo seria fundamental para o êxito da quartelada de 1964.
Enfim, nada há de irrealista em supor que Aécio chegue lá e, na disputa entre Marina e Dilma, prevaleça a primeira.
Risco de derrota pode fazer PT reavaliar candidatura
Confirmado o endosso do PSB à candidatura da acriana (isto nem deveria ter sido objeto de discussão, vice é para substituir o cabeça-de-chapa em qualquer impedimento, ponto final!), ganhou novo alento no PT a corrente do Volta Lula!. É o que noticiam jornalistas antenados com os bastidores petistas.
Aí a disputa embolaria de vez. Neste quadro, o mais provável é que Aécio continuasse indo para o 2º turno, sendo então derrotado de forma fragorosa por Lula ou Marina. 
Se o craque do PT sair do banco de reservas, as chances de Marina diminuirão consideravelmente. Já contra a Dilma, reitero, ela é favorita.  
De resto, tanto Marina quanto Lula venceriam Aécio com um pé nas costas. A primeira, porque é a cara nova que chega no momento exato; o segundo, porque seu capital político e o sebastianismo seriam suficientes para compensar a elevada rejeição ao petismo.  
Dilma é a única que Aécio talvez derrote no 2º turno. Como foi durante seu governo que a maré econômica virou, o eleitorado tende a vê-la como culpada da piora. E aí, sim, o antipetismo poderia ser suficiente para fazer a diferença.
Anúncios

6 comentários

  1. Oi, Celso. Não me situo entre aqueles que ofendem a candidata Marina, nem qualquer outro. Só não concordo com o seu artigo quando você classifica a candidata como “cara nova”. Para quem mesmo ela é nova ? o que realmente ela apresenta de diferente entre os tucanos e os ptistas ? será se ela avançaria em termos de, por exemplo, comissão nacional da verdade ?

    Curtir

  2. A prioridade para o meio ambiente é uma dessas novidades. Até agora continuamos desprezando os danos causados pelo desenvolvimento desenfreado. E já começamos a pagar por isso.

    Não sei se a Marina criaria uma CNV, mas tenho a impressão de que ela cumpriria a decisão da Comissão Interamericana de Direitos Humanos -pois foi para tirá-la de foco que a Dilma lançou a comissão.

    Depois, deixou-a abandonada a si própria, inclusive adiando a apresentação do relatório final para depois das eleições só para que ela não entrasse no tiroteio eleitoral.

    Com isto, perdeu a oportunidade de lançar o relatório em meio ao noticiário dos 50 anos do golpe, quando teria muito mais repercussão. Lamentável.

    E, quando os comandantes militares desacataram a CNV, negando a existência dos assassinatos e das torturas, quem deveria impor a autoridade do governo sobre eles era a comandante suprema das Forças Armadas. Mais lamentável ainda.

    Curtir

  3. Marina já não é mais uma novidade. Já teve um embate com Dilma em 2010 do qual saiu derrotada. O que ela vai apresentar no seu programa eleitoral? Mais do mesmo, ou seja, um replay de 2010. A diferença desta vez é o componente emocional provocado pela tragédia que se abateu sobre Campos. No mais, podemos dizer que a dobradinha Campos-Marina não decolou, considerados as diversas pesquisas realizadas. Se com Campos na cabeça da chapa ela não empolgou, o que mudaria agora, com o desaparecimento do líder pernambucano? Acredito ainda na diferença que o programa eleitoral poderá provocar na campanha de Dilma, e mais ainda no fator Lula, que estrategicamente se recolheu, valorizando ainda mais a força da sua imagem.

    Curtir

  4. Existem problemas ambientais locais: poluição, desmatamento, erradicação de mananciais, etc. Globais está por provar!

    Você sabia que não existiu aquecimento global nos últimos 17 (dezessete) anos?

    Você sabia que nos últimos três anos a superfície de gelo oceânico na Antártida tem batidos recordes a cada ano?

    Você sabia que a soma das superfícies congeladas, Ártico + Antártida, é positiva em relação à média?

    Você sabia que nos EUA tanto o número de furacões que chegam à terra, também a sua energia, reduzem-se?

    Você sabia que o famoso Sandy não era um furacão, mas sim uma mera tempestade? Seus danos foram causados pela ocupação desordenada, como no caso do Katrina (classe 3 de 5.

    Você já ouviu falar em Carol, Edna e Hezel? E no Long Island Express?

    Curtir

  5. É impressionante a capacidade para deturpar idéias, ações humanistas. Direitos humanos a favor de presos políticos, virou direitos humanos a favor de estupradores, homicidas. E “pegou”.
    Eu sempre lia que o mundo estava sendo destruído. Me vem a lembrança o finado Jornalista Luis Alberto Bahia (denunciava até o lixo espacial e dizia que a terra ia se tornar uma esfera vazia girando no espaço). Destruição, poluição, já foi encontrado veneno (agrotóxico) em pinguins lá no mundo do gelo. Coisas assim. DE REPENTE inventaram essa tal de mudança climática. SE VAI ESQUENTAR OU NÃO.
    E se a terra esfriar como previu o falecido José Carlos de Almeida Azevedo. E daí?. O mundo está sendo destruído. Esquentando ou não!!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s