BIGODES CONVERGENTES

“Lá estava eu, trabalhando duro, procurando fazer meu dever, sem saber que tivesse algo de mau na cabeça. E daí comecei a falar dormindo. Sabes o que me ouviram dizendo? (…) ‘Abaixo o Grande Irmão!’. Sim, foi o que eu disse. E disse muitas vezes, ao que parece…

 
– Quem te denunciou? – perguntou Winston.
 
– Minha filhinha – respondeu Parsons, com uma espécie de melancólico orgulho. – Escutou pelo buraco da fechadura. Ouviu o que eu disse e contou às patrulhas no dia seguinte.” (1984, George Orwell)

Esta reminiscência do stalinismo veio-me à mente ao ler que o Partido Socialista Unido da Venezuela lançou uma repulsiva campanha para incentivar seus membros a delatarem supostos inimigos infiltrados. Questão de ordem, companheiro: acabei de te denunciar como espião…


Nem precisarão dedurá-los pessoalmente à Polícia do Pensamento versão 2014; vão poder fazê-lo por e-mail ou SMS.

Não se trata da vida imitando a arte, porque Orwell se baseou em situações reais: crianças caguetavam mesmo seus pais na pátria da revolução traída.O bigodudo Maduro parece ser bom discípulo do bigodudo georgiano…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s