COMO NÃO HÁ ALTERNATIVA À REFORMA DA PREVIDÊNCIA DENTRO DO CAPITALISMO, VAMOS BUSCÁ-LA FORA DELE!

A velha política que nos mantém patinando sem sair do lugar…

A reforma da Previdência Social proposta pelo Governo Temer é perversa, desumana, injusta, inaceitável… e imprescindível para desarmar uma bomba-relógio que, mais dia, menos dia, explodirá na nossa cara.

 

Isto dentro da lógica capitalista e na suposição de que continuemos a carregar pacientemente o caixão do capitalismo, torcendo para que o enterro afinal se complete.

 

O PT teve 13 anos para resolver o problema e nada fez, porque nada era possível fazer. O capitalismo, em seu estágio terminal, é poupador de mão de obra, de forma que existem cada vez menos trabalhadores ativos contribuindo para sustentar um número crescente de inativos (os avanços sanitários e da medicina alongam a vida dos aposentados). Não há como se colocar em pé tal equação usando apenas a aritmética.

 

Mas, numa sociedade em que a prioridade passasse a ser o atendimento das necessidades humanas e não a realização do lucro, aí, sim, se poderia montar uma equação bem diferente, com as fortunas escandalosas de uns poucos nababos sendo utilizadas para se proporcionar  um final de vida digno àqueles que consumiram suas vidas gerando riquezas para esses insaciáveis burgueses.

…e a nova que custa a se afirmar.

Infelizmente, quem está promovendo os protestos em escala nacional contra as reformas do Temer vende a ilusão de que seja possível resolver o problema da Previdência com um mero remanejamento de verbas, em verdade irrealizável na escala necessária hoje em dia. 

[Quanto à reforma trabalhista, visa injetar dinamismo na economia mediante a precarização dos direitos e das relações de trabalho. É a alternativa que o capitalismo nos oferece à recessão: optarmos entre o fogo e a frigideira!] 

 

Precisamos deixar bem claro ao povo que ele está sendo enganado.

 

Que as forças políticas empenhadas em desgastar o governo atual querem apenas substitui-lo para fazerem basicamente a mesma coisa, associados ao grande capital como estava o PT, como está o PMDB e como estará qualquer partido que sagrar-se vitorioso na eleição presidencial do ano que vem. 

A solução não pode mais ser encontrada na praça dos Três Poderes; temos de buscá-la noutras praças, aquelas que são do povo como o céu é do condor! 

 

Já passou a fase de uns proporem reformas e outros lutarem contra reformas. O abismo cresceu demais à nossa frente e  acabará nos tragando se não nos decidirmos, de uma vez por todas, a mudar radicalmente a estrutura de poder da nossa sociedade.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s