PROCURA-SE PRESIDENTE

Certos janotas estão empenhados demais em puxarem o tapete do presidente Michel Temer, mas há entusiasmo de menos nas ruas pelos nomes cogitados para completarem o atual mandato. 

 

Fala-se em Álvaro Dias, Carmem Lúcia, Fernando Henrique Cardoso, Geraldo Alckmin, Gilmar Mendes, Henrique Meirelles, Nelson Jobim, Rodrigo Maia e Tasso Jereissati. Tenho a impressão de que, após não se formar um consenso em torno de nenhum dos outros, acabaria prevalecendo o sábio da República, benquisto pelas elites, mas que pareceria ao cidadão comum mais do mesmo.

 

Já que as soluções ortodoxas não estão empolgando o povo brasileiro, que tal pensarmos nas heterodoxas?

 

Devolvermos o poder aos portugueses? Eles são burros, mas nem tanto. Agora que começam timidamente a superar a crise econômica, tudo de que não precisam é atrelarem seu destino ao de um país que deveria ser socialista mas não quer e tenta ser capitalista mas não consegue.  

 

Confiarmos nosso destino a Deus? O risco seria Ele concluir que isto aqui não tem mais jeito e convocar o Noé.

Cardozo está tentando ser o 5º cavaleiro do apocalipse?

Restaurarmos a monarquia? Seria uma boa se tivéssemos a sinceridade de admitir que quem manda mesmo é o poder econômico e presidente da República só serve para cuidar das miudezas e garantir boquinhas para seu partido, para partidos aliados, para parentes, apaniguados, cupinchas e uma infinidade de outros parasitas. Caindo esta ficha, pensaríamos em alguém para, pelo menos, desempenhar com elegância as funções cerimoniais. Por que não Dom Luís Gastão de Orléans e Bragança? 
 

Empossarmos a Dilma de volta? É o que o hilário José Eduardo Cardozo tenta obter com um pedido de liminar ao ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal. Pretende que, por meio de uma mera decisão monocrática, Moraes torne sem efeito toda aquela maratona de votações na Câmara Federal e no Senado supervisionada pelo próprio STF, iniciando uma batalha jurídica que, levada às últimas consequências, estabeleceria o pior conflito de Poderes da nossa história republicana.

Ainda bem que ninguém sério leva o Cardozo a sério!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s